Skip to content Skip to footer

O TAC da Carne e o Compromisso Público da Pecuária (CPP)

Bioma(s): Amazônia

Abrange: Pará

Contribuições: Adequação, Compliance

Iniciativa: Ministério Público Federal, fazendas, varejistas, curtumes e frigoríficos.

O TAC da Carne e o Compromisso Público da Pecuária (CPP) são compromissos assumidos pela cadeia da carne, a partir dos quais as empresas se comprometem a não comprar animais criados em propriedades com desmatamento, trabalho escravo e outras irregularidades socioambientais. Esses compromissos vêm impulsionando avanços importantes no monitoramento do desmatamento associado à pecuária, principalmente pela adoção de sistemas de controle pelos frigoríficos.

O TAC da Carne e o Compromisso Público da Pecuária (CPP)

Como contribui para a implementação do Código Florestal: a iniciativa promove a inscrição e validação do CAR para regularizar a propriedade rural, fornecendo suporte para implementação da regeneração florestal.


Duração: início em 2019 sem previsão de término.


Financiamento: não se aplica.


Metas de redução de desmatamento: O CPP tem a meta de zerar o desmatamento na Amazônia Legal provocado pela cadeia da pecuária.


Desafios enfrentados: os principais desafios são as fazendas com mecanismos clandestinos para burlar a legislação, a falta de mecanismos viáveis para a regularização ambiental e de profissionais para regularização técnica, as mudanças de gestão pública que não dão suporte para continuidade da cadeia e manter os dados do GTA sigilosos conforme a diretiva do MAPA. Outro desafio é que a adesão aos acordos não é 100%, principalmente dos pequenos abatedouros que compram de qualquer fornecedor.


Produtos: resultado da 3ª auditoria online, disponível no Boi na Linha – boinalinha.org

© 2022 Observatório Florestal. Todos os direitos reservados.

Assine nossa Newsletter